fechar

Prata de lei: estas 7 respostas lhe ajudarão a reconhecer uma joia legítima

Por Só Prata
Prata de lei: estas 7 respostas lhe ajudarão a reconhecer uma joia legítima

Ao observar a vitrine de uma loja física ou online, a luminosidade de um acessório maravilhoso lhe chama a atenção. Imediatamente, ao revisitar na memória o seu guarda-roupas, um insight poderoso vem à cabeça: a combinação incrível da peça de prata de lei que está diante de seus olhos, com aquele look que ficou guardadinho esperando uma ocasião especial. Ela tem que ser sua! Diante dessa certeza, como confirmar sua legitimidade? Brilhar, por si só, não expressa nenhum indício de autenticidade. Sendo assim, o que lhe garante que essa beleza será duradoura? É para lhe trazer segurança no seu investimento que a Só Prata está no mercado. Nossa prioridade é lhe proporcionar confiança e lindas experiências, ao escolher uma joia de prata para eternizar momentos únicos de sua vida. Quer tornar-se expert nesta avaliação e nunca mais errar ao separar o joio do trigo? Preparamos um artigo recheado de informações valiosas. Aprenda conosco a selecionar um verdadeiro tesouro que atravessará séculos em sua família.

Prata de lei: estas 7 respostas lhe ajudarão a reconhecer uma joia legítima

Você é uma pessoa que aprecia, acima de tudo, a qualidade dos produtos que adquire, né!? Do contrário, não estaria buscando compreender o que diferencia as joias confeccionadas em prata de lei, oca ou maciça, das semijoias banhadas ou folheadas. À primeira vista, sem uma análise mais próxima e aprofundada, fica realmente difícil encontrar as distinções. Além disso, tem a boa e velha lábia dos charLATÕES de plantão, que vão tentar lhe confundir, acredite! Depois de mil elogios, garantias que vão de dois a cinco anos, do discurso consagrado sobre “trabalhar somente com prata top de linha” e do tal “precinho camarada”, vem a decepção. Na realidade, você pagou um valor salgado, e a peça descascou ou simplesmente quebrou. Aí começa a correria para achar a etiqueta na qual constava a data de compra do produto e o contato de quem lhe vendeu. E muitas vezes, o que resta mesmo é conviver com o prejuízo e com a certeza de nunca mais confiar sem investigar. O interessante agora é a busca pelo conhecimento que você está fazendo.A Só Prata veio aqui hoje, para lhe apontar um caminho transparente. Anotamos algumas dúvidas de nossas clientes - várias compartilham conosco suas péssimas experiências - e reunimos neste artigo as mais populares. Confira!

O que é prata de lei?

O termo vem do País colonizador do Brasil, antes mesmo de nossa terra ser descoberta. No século XIII, o rei Dom Afonso II de Portugal promulgou uma lei que punia os fabricantes que produzissem peças de prata com ligas inferiores à “Sterling 925” - até hoje conhecida como padrão internacional da alta joalheria. Mas o que isso significa? A palavra “Sterling” atesta a excelência, pureza e autenticidade do material utilizado. Já o número 925 revela que o produto é constituído de 92,5% de prata pura, misturada a outros metais nobres (7,5%), que lhe proporcionam a dureza necessária na concepção de uma joia - e outros objetos. O mesmo ocorre com aquela conhecida como 950 (95%)

Por que as joias não são feitas em prata pura ou 1000?

Nós comentamos, anteriormente, que outros materiais são acrescentados ao molde das peças, o que garante que elas permaneçam firmes. Diversas combinações foram testadas após a confirmação de que a prata pura ou 1000, por ser excessivamente mole, deixaria os acessórios deformados e, até mesmo, irreconhecíveis. Definitivamente, nós não queremos isso, certo!? Com a união destes metais - que garantem a consistência do objeto - à prata em quantidades de 92,5% ou 95%, alcançou-se a tonalidade, brilho e cor semelhantes aos da prata pura. Desde então, é só A R R A S O e S U C E S S O! Agora que você entendeu o que é a prata de lei e porque aquele acessório que você ama não pode ser 100% feito do metal, é hora de captar a diferença entre banhados e folheados. Bora!?

Quais são as diferenças entre semijoias banhadas e folheadas?

A primeira grande distinção, que poderíamos citar, diz respeito à DURABILIDADE das peças. A segunda, compreende os processos de fabricação. Folheado é aquele acessório que passa por folheamento ou chapeamento. Geralmente, em pouco tempo, a cor some sendo necessário outro processo para restabelecê-la. Quando a semijoia é banhada, um processo chamado de galvanoplastia está atrelado à sua concepção. Ou seja, muitas etapas de exposição química acontecem para garantir a qualidade do produto. Após um banho literal em metais nobres, ela estará pronta para ir ao encontro do mercado. Sua longevidade é maior, mas não para a vida inteira.

P.S.: NÃO CONFUNDA JOIAS COM BIJOUTERIAS!

Na primeira semana de uso, o seu anel começou a ficar amarelado ou acobreado? Isso ocorreu porque as bijouterias não passam nem perto de qualquer processo de qualidade e não há nenhum tipo preocupação com a conservação. Em outras palavras, são descartáveis.

Com a prata de lei, ocorre alguma mudança de cor?

Sim, mas isso não significa que a sua joia estará perdida. As interações químicas do ambiente e até da pele com o metal, trazem mudanças ao aspecto do acessório por uma razão de natureza: a prata é o único metal nobre que tem propriedade de oxidação (escurecimento). No entanto, calma aí! Basta um simples polimento para tudo voltar à normalidade, e a linda cor de seu acessório de prata de lei voltar à beleza de sempre. Aliás, na Só Prata, a manutenção de qualquer uma de suas peças é garantida para sempre!

Como saber se a joia foi confeccionada em prata de lei?

Chegamos ao marco histórico de nosso raciocínio. Está na hora de você desvendar o mistério. Como, afinal, saber se a joia escolhida foi estruturada em prata de lei? Em linhas gerais, a avaliação profissional é a melhor forma de obter essa informação. No entanto, temos algumas dicas aqui podem lhe ajudar. Normalmente, as peças em prata possuem a marcação 925 ou 950. Porém, sabemos que os números, algumas vezes, são gravados de forma maldosa. Qual é a saída, então? O passo seguinte é utilizar um imã e verificar o grau de atratividade. Por não ser um metal ferromagnético, quanto mais prata o objeto conter, menor será essa intensidade. Você ainda tem a opção de observar se nos acabamentos aparecem indícios de descoloração, ondulações ou desgastes. Caso as características estejam presentes, fuja que é CILADA. A melhor ideia é adquirir suas joias de prata de lei de fornecedores idôneos, como a Só Prata por exemplo. Além da qualidade incontestável, por aqui a nossa GARANTIA é ETERNA. E se você estiver curiosa sobre como uma joia de prata chega até você, explicamos os processos de fabricação, detalhe a detalhe, neste conteúdo aqui.

Deseja comprar pela internet? Então preste atenção nestas dicas

Toda a compra realizada pela internet precisa ser segura, e você já sabe disso. Então...

  • Verifique a reputação do site escolhido;

  • Busque indicações nas redes sociais da marca;

  • Desconfie dos “baratíssimos” e das “oportunidades imperdíveis”. Eles até existem, e podem ter qualidade, mas é sempre bom checar as referências antes;

  • Lembre-se dos seus direitos como consumidora: você tem sete dias para se arrepender da compra;

  • Exija seu certificado de garantia e a nota fiscal de sua joia de prata de lei.

Quer saber onde achar aquela joia de prata de lei perfeita para o seu estilo? Na Só Prata, é fácil encontrar a peça que combina com você e, o melhor de tudo, com garantia VITALÍCIA. Além de bela e valorizada no mercado, temos certeza de que ela será coadjuvante de lindas memórias que atravessam gerações. Que tal começar essa história de amor agora e preparar o seu tesouro? Visite nossas lojas, física ou online, e encante-se!

loja online so prata florianopolis joias em prata

by Só Prata

Tags